Início » Como usar os conteúdos para qualificar seus leads

Como usar os conteúdos para qualificar seus leads

Como usar o conteúdo para qualificar leads

Já falamos por aqui sobre marketing de conteúdo e agora vamos falar sobre como o conteúdo pode ajudar na nutrição de leads e ser parte importante do seu funil de vendas. Estudos mostram que 50% dos leads são qualificados, mas não estão imediatamente prontos para comprar algo de você, e é nesse momento que o conteúdo se torna essencial. Continue a leitura e saiba mais.

Conteúdos relevantes

O primeiro passo para a nutrição de leads é oferecer conteúdo relevante para qualquer lugar da jornada do cliente, além disso, é importante que o conteúdo esteja alinhado com a persona do comprador. Criar conteúdo relevante está relacionado a ter um equilíbrio entre a criação de conteúdo e a curadoria de conteúdo. Os clientes não querem entrar na rede social ou no site da empresa e se deparar apenas com conteúdos que vendem os produtos e serviços. Se você está apenas promovendo seu conteúdo original e não está selecionando informações relevantes e interessantes de outras fontes, os leads acabarão por deixar de considerar a sua empresa como uma possível solução para os seus problemas. 

Conteúdo de apoio para o time de vendas

Comece pensando no caminho lógico que um lead seguiria ao navegar pelo funil de vendas, para isso, defina vários cenários nos quais os leads se convertem em clientes e rastreie quais ações eles realizaram desde a primeira conversão até o fechamento. É importante saber quais páginas eles visitaram, em quais e-mails eles clicaram e em quais ofertas eles converteram, isso vai te ajudar a criar conteúdos que vão dar suporte ao time de vendas e gerar mais conversão.

Conteúdos que antecipam dúvidas

Depois de conhecer os caminhos lógicos que um lead pode seguir para converte-los em cliente, você deve saber que tipo de ativos de conteúdo eles devem receber e alimentá-los nesse caminho. Apesar de parecer que há infinitas possibilidades, há tipos de conteúdos que são mais apropriados para certas etapas do ciclo de vendas do que para outras. Confira abaixo quais são as etapas e os tipos de conteúdo para cada uma delas.

Conscientização: esse é o estágio de compra inicial do seu potencial cliente, aqui os conteúdos os ajudam a identificar dores que eles estão sentindo, mas que ainda não sabem como lidar com ela, fornecendo a primeira camada de educação e relevância da sua empresa.

Consideração: seu potencial cliente já sabe qual dor ou oportunidade ele está passando e por isso você já pode falar sobre como sua empresa pode ajudar e resolver as necessidades do cliente, você pode preencher lacunas entre ativos educacionais e as informações sobre o produto ou serviço.

Decisão: esse é o estágio final da jornada de compra e exige que ele tenha o nome da sua empresa entre as opções de compra, por isso, traga junto ao conteúdo as opções de solicitar um orçamento, uma demonstração ou avaliação gratuita. Você deve trazer conteúdos chaves que vão fazer o cliente efetuar a compra, pois ele já sabe suas necessidades e porque a empresa é uma boa escolha. 

Com essas dicas você já pode começar a mapear e a desenvolver conteúdos para cada etapa da jornada do cliente e obter resultados satisfatórios. Se precisar de ajuda para otimizar suas vendas, entre em contato!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + onze =